Enfermagem Na Net: Guia da futura mamãe

Links Patrocinados

Oxímetros de Pulso              Estetoscópios              UltrasSom              Glicosímetros

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Guia da futura mamãe

Guia da futura mamãe

Está querendo engravidar? Fique atenta aos cuidados necessários! 
 

O primeiro passo para se ter uma gestação saudável é planejar o melhor momento para isso acontecer. Pode parecer incrível, mas a maioria das mulheres acaba procurando o médico quando está com a menstruação atrasada, ou seja, nas primeiras semanas de gravidez.

Estou querendo engravidar. Quais cuidados devo ter?
Se você tiver a oportunidade de preparar sua cabeça e o seu corpo para esse momento tão especial, tenha certeza de que isso trará muitos benefícios tanto para você quanto para o seu futuro bebê!
A primeira coisa a fazer é procurar o ginecologista para buscar as orientações pré- concepcionais e colocar os exames em dia, como o preventivo do câncer de colo do útero. Quem está acima do peso deve começar a pensar a entrar em forma antes de tentar engravidar. Dietas balanceadas e exercícios físicos regulares são uma ótima pedida. Mulheres obesas ou acima do peso podem ter mais dificuldades para engravidar, têm maior chance de complicações como o Diabetes Gestacional e Hipertensão, além de maiores dificuldades no parto.
Cigarro? Bebidas alcoólicas? Drogas? É melhor largar tudo isso pra ontem! Parto prematuro, retardo do crescimento intra-uterino, bebês com baixo peso e problemas respiratórios ao nascer são algumas alterações associadas ao fumo. O álcool, além de afetar os níveis de estrogênio e progesterona (os dois principais hormônios femininos), pode causar defeitos genéticos no bebê, principalmente quando ingerido durante as primeiras semanas de gestação, que são as mais importantes na sua formação. O uso de drogas dispensa comentários. Fazem mal em qualquer fase da vida, imagina para quem quer engravidar!
http://baby-sound-b.contec.med.br/

De acordo com os nutricionistas, a alimentação da mulher que está pensando em engravidar deve ser rica em grãos refinados, vegetais e frutas bastante coloridos todos os dias. Isso porque, no final das contas, tudo isso se transforma em substância anti-oxidantes e fitoquímicos, fazendo bem para a saúde em geral, incluindo a fertilidade. Os ácidos graxos como o ômega 6 (presente no óleo de milho, de soja e de girassol) e o ômega 3 (no óleo de peixe, canola, oliva, girassol e linhaça) também são importantíssimos para a dieta para quem quer dar uma ajudinha na fertilidade. A ingestão de salmão uma a duas vezes por semana pode ajudar a elevar os níveis de ômega 3.
O uso de medicações e vitaminas também deve ser avaliado com cuidado. Algumas medicações podem ser perigosas para quem está pensando em engravidar. Por isso, a visita ao ginecologista é tão importante. O poder das vitaminas, como o ácido fólico na prevenção dos defeitos de formação do tubo neural (que dará origem a coluna do futuro bebê), é bastante conhecido. Mas atenção: ele só tem efeito quando a mulher começa a tomá-lo antes de engravidar, pois quando ela descobre que está grávida, o tubo neural já está em pleno processo de formação. Seu uso deve ser mantido até o final do terceiro mês de gestação.


Oxímetros de Pulso              Estetoscópios              UltrasSom              Glicosímetros

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Links patrocinados